Construir uma casa é hoje 8,5% mais caro do que há um ano

Segundo os dados divulgados esta quinta-feira pelo INE, os custos de construção de habitação nova aumentaram 8,5% em Novembro de 2021 face ao período homólogo.

Construir uma casa é uma decisão que sai cada vez mais cara. De acordo com os dados divulgados esta quinta-feira pelo Instituto Nacional de Estatística, em Novembro de 2021 os custos de construção de habitação nova aumentaram 8,5% em comparação com o mesmo mês de 2020 e 1,2 pontos percentuais em relação ao mês de Outubro. O preço dos materiais e o custo da mão-de-obra são os dois principais factores que influenciam o custo de habitação nova.

Em Novembro do ano passado, o preço dos materiais registou um agravamento de 9,4% face a Novembro de 2020, enquanto o custo da mão-de-obra aumentou 7,3%.

O custo dos materiais tem vindo a aumentar na sequência da falta de matéria-prima e dos preços do transporte, agravados pela escalada dos preços dos combustíveis.

No que diz respeito à mão-de-obra, este é um dos sectores mais afectados pela escassez de trabalhadores. Construtores, ouvidos pelo Pulsar Económico, apontam “o crescente desinteresse dos portugueses nas profissões associadas à construção” e acrescentam que “a solução terá de passar pelo recrutamento de imigrantes“. Já os trabalhadores afirmam que “os salários propostos pelas empresas de construção nem sempre estão adequados às funções e condições de trabalho que são oferecidas nesta área“.