Fundo ambiental compensa subida da tarifa dos carregamentos

O Fundo Ambiental vai compensar, já a partir deste sábado, a subida do preço dos carregamentos para os condutores de veículos eléctricos e híbridos plug-in.
Foto: Michael Marais
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

O Fundo Ambiental vai compensar a subida do preço dos carregamentos para os condutores de veículos eléctricos e híbridos plug-in.

Com a entrada de 2022, passa a ser aplicado um desconto de 26,14 cêntimos por carregamento, absorvendo a subida da tarifa determinada pela Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos.

Já em Dezembro, a ERSE decidiu aumentar em 79% as tarifas da entidade gestora da rede de carregadores de veículos eléctricos, a Mobi.E, tarifas essas, aplicadas aos comercializadores de electricidade para a mobilidade eléctrica e aos operadores de pontos de carregamento.

Depois do início do pagamento da taxa pelos utilizadores, a 1 de Maio de 2021, a ERSE comunicou a necessidade de aumentar as tarifas de 16,57 para 29,64 cêntimos, justificando a decisão com o evitar da criação de um défice tarifário.

Os condutores de veículos eléctricos começam a pagar mais 26,14 cêntimos por carregamento nos postos públicos já a partir deste sábado, mas o Governo decidiu absorver o aumento com o argumento de que é preciso continuar a promover a utilização deste tipo de solução de mobilidade em prol do ambiente.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

DESTAQUES

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

ÚLTIMAS

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE