Fundo ambiental compensa subida da tarifa dos carregamentos

O Fundo Ambiental vai compensar, já a partir deste sábado, a subida do preço dos carregamentos para os condutores de veículos eléctricos e híbridos plug-in.

O Fundo Ambiental vai compensar a subida do preço dos carregamentos para os condutores de veículos eléctricos e híbridos plug-in.

Com a entrada de 2022, passa a ser aplicado um desconto de 26,14 cêntimos por carregamento, absorvendo a subida da tarifa determinada pela Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos.

Já em Dezembro, a ERSE decidiu aumentar em 79% as tarifas da entidade gestora da rede de carregadores de veículos eléctricos, a Mobi.E, tarifas essas, aplicadas aos comercializadores de electricidade para a mobilidade eléctrica e aos operadores de pontos de carregamento.

Depois do início do pagamento da taxa pelos utilizadores, a 1 de Maio de 2021, a ERSE comunicou a necessidade de aumentar as tarifas de 16,57 para 29,64 cêntimos, justificando a decisão com o evitar da criação de um défice tarifário.

Os condutores de veículos eléctricos começam a pagar mais 26,14 cêntimos por carregamento nos postos públicos já a partir deste sábado, mas o Governo decidiu absorver o aumento com o argumento de que é preciso continuar a promover a utilização deste tipo de solução de mobilidade em prol do ambiente.