Peugeot inicia produção do seu primeiro veículo a hidrogénio

O reabastecimento do Peugeot e-EXPERT Hydrogen faz-se em 3 minutos, para uma autonomia superior a 400 km no ciclo WLTP. A velocidade máxima é de 130 km/h.
Peugeot
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

Dezembro de 2021 fica na história da Peugeot pelo arranque da produção do primeiro veículo a hidrogénio da marca. A Peugeot entra na lista dos primeiros fabricantes que disponibilizam veículos com versão eléctrica alimentada por uma pulha de combustível a hidrogénio (hydrogen full cell) no segmento dos veículos comerciais, em complemento às tradicionais versões térmicas e eléctricas a bateria.

De acordo com Linda Jackson, CEO da marca Peugeot, “com o e-EXPERT Hydrogen, a Peugeot está um passo à frente numa tecnologia de futuro de zero emissões, particularmente relevante no mercado dos veículos comerciais ligeiros. A tecnologia eléctrica alimentada a hidrogénio permite uma utilização diária intensiva sem a imobilização inerente aos carregamentos, no que é uma vantagem decisiva para os profissionais que, num mesmo dia, devem percorrer várias centenas de quilómetros em auto-estrada, para depois entrar em zonas urbanas com restrições em termos de emissões. A tecnologia a hidrogénio desenvolvida pela Stellantis e implementada no nosso Peugeot e-Expert Hydrogen torna possíveis todas essas utilizações”.

O furgão a hidrogénio da marca francesa distingue-se pela integração de todo o sistema “mid-power plug-in hydrogen fuel cell electric” no compartimento do motor e sob o piso da carroçaria. Como resultado, não há qualquer tipo de cedência em termos de volume de carga, ao mesmo tempo que se obtém um baixo centro de gravidade, garantia de estabilidade, segurança e agilidade.

O Peugeot e-EXPERT Hydrogen tem como base o e-EXPERT alimentado a bateria. É produzido em França, nas instalações de Hordain (Nord, Hauts de France), sendo depois transformado na Alemanha, em Rüsselsheim, no centro de competências da Stellantis, dedicado à tecnologia do hidrogénio.

Este modelo é composto por uma pilha de combustível que produz a electricidade necessária para a propulsão do veículo, com recurso ao hidrogénio incorporado no depósito, e por uma bateria recarregável de iões de lítio de alta tensão, com uma capacidade de 10,5 kWh e recarregável na rede eléctrica, que também alimenta o motor eléctrico em determinadas fases de condução.

O Peugeot e-EXPERT Hydrogen tem a capacidade de cobrir todas as distâncias sem emissões de CO2, é possível reabastecer com hidrogénio em 3 minutos, para uma autonomia superior a 400 km no ciclo de homologação WLTP (em processo de homologação) e conta com uma tomada de carregamento para a bateria de alta tensão.

O modelo está disponível com dois comprimentos disponíveis (Standard e Long) com as mesmas características de volume de carga que as versões diesel e a bateria eléctrica, ou seja, até 6,1 m3 de volume de carga, até 1.000 kg de carga útil, até 1.000 kg de capacidade de reboque e uma velocidade máxima de 130 km/h.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

DESTAQUES

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

ÚLTIMAS

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE