Governo quer acelerar plano de descarbonização do País

O Ministro referiu que os 2018 projetos aprovados superam os 2.200 milhões de euros dos fundos, representando um investimento total de 3.700 milhões de euros.

“Queremos mesmo andar mais depressa naquilo que é a descarbonização do nosso País”, afirmou esta terça-feira o Ministro do Ambiente e da Ação Climática, João Pedro Matos Fernandes.

Em Tomar, na apresentação do balanço do Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos (POSEUR) para a região Centro, o Ministro salientou que o Governo já “lançou as bases para um país diferente” e mostrou que o ambiente e a economia não estão em lados opostos.

Matos Fernandes realçou que “aqueles que ainda acham que o ambiente e a sustentabilidade são um estorvo a que outras dinâmicas económicas e sociais possam aparecer pensaram mesmo mal, porque, de facto, o crescimento vai ser feito com investimentos na sustentabilidade”.

O Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos desempenhou um papel crucial nesta transformação ao “financiar os investimentos certos” e já executou 60% dos projetos.

O Ministro referiu que os 2018 projetos aprovados superam os 2.200 milhões de euros dos fundos, representando um investimento total de 3.700 milhões de euros, e acrescentou que o valor para as áreas abrangidas pelo POSEUR será elevado para os 13.000 milhões de euros no Plano de Recuperação e Resiliência.